Papa Francisco gostaria de visitar o Japão no ano que vem. Ele mesmo o anunciou na manhã desta quarta-feira a uma delegação proveniente do Japão que esteve no Vaticano em visita.

O grupo foi recebido na antessala Paulo VI e estava acompanhado por dois sacerdotes: Renzo De Luca e Shinzo Kawamura.

“ Gostaria de anunciar-lhes a minha vontade de visitar o Japão no ano que vem. Espero poder fazê-lo ”

Francisco fez elogios à Associação Tensho Kenoho Shisetsu Kenshokai, promotora de projetos de cultura e solidariedade; e encorajou os jovens a prosseguirem o esforço de criar um fundo de ajudas para a formação de jovens e órfãos, com a contribuição de empresas sensíveis a seus problemas.

“Vocês querem demonstrar que a religião, a cultura e as finanças podem colaborar pacificamente para criar um mundo mais humano e caracterizado pela ecologia integral. E isto concorda plenamente com os meus desejos ara a humanidade de hoje e de amanhã, assim como escrevi na Carta Encíclica Laudato si. É o caminho certo para o futuro de nossa Casa Comum”.

Despedindo-se do grupo, o Pontífice agradeceu a visita pedindo que levem a seu “maravilhoso povo e a seu grande País a amizade do Papa de Roma e a admiração de toda a Igreja católica”.

Via Vatican News