Fieis-lotam-a-praia-de-Copacabana-para-a-Festa-de-Acolhida-da-Jornada-Mundial-da-Juventude-size-620Em carta enviada os párocos e responsáveis pela evangelização da juventude no Brasil, o bispo auxiliar de Campo Grande (MS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, dom Eduardo Pinheiro da Silva, reflete sobre a formação de lideranças jovem para atuar na Igreja na sociedade.

A Comissão sugere pistas de ações para as estruturas de acompanhamentos, com base no Documento 85 da CNBB, “Evangelização da Juventude”. Entre elas, destacam-se o incentivo aos grupos juvenis como teatro, esporte, dança, serviços sociais, bandas e redes sociais, como a necessidade de capacitar a coordenação responsável pelo grupo para dinamizar as reuniões e encontros.

“Estamos convictos do valor da vida em grupo. Por isso nos perguntamos se em todas as comunidades pertencentes às nossas paróquias há, no mínimo, um grupo de jovens. E será que as estruturas grupais contribuem, realmente, para a formação integral dos jovens?”, questionou dom Eduardo.

Na mensagem, o bispo recorda, também, as iniciativas da Pastoral Juvenil, por todo o país, programadas para o período da Copa do Mundo 2014

Confira a íntegra da mensagem clicando aqui.

Por CNBB