Como é de costume, no dia 19 de Outubro, toda a Igreja celebra a festa de São Paulo da Cruz e, para os Passionistas, esta comemoração é solene, por se tratar do Fundador da Congregação da Paixão de Jesus Cristo.

Por ocasião da celebração do Tríduo de São Paulo da Cruz nas Paróquias Imaculada Conceição (Km 18, Osasco-SP) e São Paulo da Cruz (Pinheiros, São Paulo-SP), foi inviável as duas Comunidades (Frei Tito e Calvário) se reunirem no dia próprio do santo. Neste sentido, as duas Comunidades Religiosas, juntamente com os formando do propedêutico, se reuniram no dia último dia 17 do mês corrente. O encontro se deu em Quitaúna, Osasco, onde é o Seminário Passionista da primeira etapa formativa aos jovens que anseiam pela Vida Consagrada Passionista.

A confraternização foi marcada por 3 momentos, ou seja, acolhida entre todos, oração comunitária (dinamizada pelos Seminaristas e a Comunidade Religiosa local) e almoço. O instante foi registrado com muita alegria e fraternidade entre todos.

Enriquecidos pelo espírito de amor que brota da cruz de Cristo, e que é a expressão mais forte do ser Passionista, o desejo maior dos que estavam presentes era expressar, com a própria vida, o carisma da Paixão de Jesus que foi inspirado por São Paulo da Cruz, exímio pregador da Palavra de Deus e propagador da mística do Crucificado.

A despedida foi antecedida por um “Glória” comum a São Paulo da Cruz e uma prece especial ao patrono dos Passionistas, para que todos os Missionários da Paixão de Cristo encontrem, em seu Fundador, o determinado exemplo de Discípulos Consagrados para o Reino.

Por Ir. José Milton Ferreira da Silva, CP