O Papa Francisco aceitou nesta quinta-feira, 4, a renúncia por limite de idade apresentada pelos núncios apostólicos em Portugal, Dom Rino Passigato, e na Espanha e no Principado de Andorra, Dom Renzo Fratini.

Seguindo as novas regras estabelecidas pelo Motu proprio “Aprender a despedir-se”, de 12 de fevereiro de 2018, os núncios seguem o mesmo procedimento dos bispos e chefes de Dicastério da Cúria Romana não cardeais.

Também os representantes pontifícios “não cessam ipso facto de seu ofício ao completarem setenta e cinco anos de idade, mas em tal circunstância devem apresentar sua renúncia ao Sumo Pontífice”.

Para ser eficaz, a renúncia deve ser aceita pelo Papa. Por esta razão, o Boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé publica agora não somente as nomeações, mas também as renúncias aos núncios apostólicos.

Via Vatican News