Papa-Francisco-Angelus-domingo140719-Captura

O Papa Francisco informou no domingo que, em 5 de outubro, haverá um Consistório para a criação de cardeais no Vaticano e anunciou o nome dos 13 novos purpurados.

Esse anúncio inesperado foi feito pelo próprio Pontífice no final da oração do Ângelus, em 1º de setembro.

Em concreto, são 10 novos cardeais eleitores em um futuro Conclave e mais 3 prelados que serão membros do Colégio Cardenalício, mas, por razões de idade, não votariam no próximo Conclave de eleição do Sumo Pontífice.

Os nomes dos novos cardeais eleitores em um futuro Conclave que o Papa Francisco anunciou são:

1. Dom Miguel Ángel Ayuso Guixot, presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-Religioso (67 anos, Espanha).

2. Dom José Tolentino Mendoça, Bibliotecário da Santa Romana Igreja, (53 anos, Portugal).

3. Dom Ignatius Suharyo Hardjoatmodjo, Arcebispo de Jacarta (69 anos, Indonésia).

4. Dom Juan de la Caridad García Rodríguez, Arcebispo de San Cristóbal de La Habana (71 anos, Cuba).

5. Dom Fridolin Ambongo Besungu, O.F.M. Cap., Arcebispo de Kinshasa (59 anos, República Democrática do Congo).

6. Dom Jean-Claude Höllerich, Sj, Arcebispo do Luxemburgo (61 anos).

7. Dom Álvaro L. Ramazzini Imeri, Bispo de Huehuetenamgo (72 anos, Guatemala).

8. Dom Matteo Zuppi, Arcebispo de Bolonha (63 anos, Itália).

9. Dom Cristóbal López Romero, Sdb, Arcebispo de Rabat (67, Marrocos).

10. Padre Michael Czerny, Sj, Subsecretário da Seção de Migrantes do Dicastério para o Serviço Integral de Desenvolvimento Humano (73 anos, República Tcheca-Canadá).

Destes primeiros cardeais, o Papa Francisco enfatizou que “sua proveniência expressa a vocação missionária da Igreja que continua a anunciar o amor misericordioso de Deus a todos os homens da terra”.

Além disso, o Pontífice elegeu dois arcebispos e um bispo com mais de 80 anos e, portanto, cardeais não eleitores, por “seu serviço à Igreja”, que são: Dom Michael Louis Fitzgerald, Arcebispo Emérito de Nepte (82 anos, Tunísia); Dom Sigitas Tamkevicius, Sj, Arcebispo Emérito de Kaunas (80 anos, Lituânia), e Dom Eugenio dal Corso, Psdp, Bispo Emérito de Benguela (80 anos, Angola).

“Rezemos pelos novos cardeais, para que, confirmando sua adesão a Cristo, me ajudem em meu ministério como Bispo de Roma pelo bem de todo o Santo Povo de Deus”, exortou o Papa.

Via ACI Digital