Papa-Francisco-Euromoot-Daniel-Ibanez-ACI-030819

O Papa Francisco incentivou os jovens a não terem medo de seguir a voz de Jesus para responder à sua vocação e propôs-lhes o exemplo de Santo Estanislau Kostka, que morreu aos 18 anos de idade.

Em sua saudação aos fiéis poloneses reunidos na Praça de São Pedro, durante a Audiência Geral, na quarta-feira, o Santo Padre recordou que em 18 de setembro a Igreja na Polônia celebrou a festa de Santo Estanislau Kostka, padroeiro das crianças e dos jovens.

Por isso, o Papa indicou que Santo Estanislau, quando jovem, caminhou de Viena a Roma a pé para ser jesuíta. “Mostrou assim que é necessário sacrificar muito para seguir a voz da própria vocação”, afirmou Francisco.

Além disso, o Pontífice afirmou que Santo Estanislau Kostka é “exemplo também para aqueles jovens que, temendo a reação de seus próprios familiares, dos amigos ou dos outros, têm medo de escolher o caminho vocacional para o sacerdócio ou para a vida religiosa”.

“Queridos jovens, não tenham medo de seguir a voz de Cristo!”, encorajou o Papa.

Dados biográficos

Estanislau Kostka nasceu em 28 de outubro de 1550, no castelo de Rostkow, muito perto da pequena cidade de Przasnysz, pertencente ao principado de Mazowsze (Polônia).

Foi o segundo de seis filhos do casal Juan Kostka e Margarita Kryskich. A genealogia dos Kostka remonta a Jastschenbiesz, um dos companheiros de Lech, fundador da Polônia.

Quando completou 17 anos, ingressou na Companhia de Jesus em Roma e morreu de malária em 15 de agosto de 1568.

Foi beatificado em 14 de agosto de 1605 e canonizado em 31 de dezembro de 1726.

Via ACI Digital