ppfranciscoB_CNA_15092013Em nota difundida pela Agência Ecclesia do episcopado português, nesta quarta-feira, 25, por iniciativa do Conselho Pontifício para a Família, o Papa vai presidir a um encontro internacional de avós e idosos no Vaticano, no dia 28 de setembro deste ano.

A iniciativa, como afirma a nota oficial do Conselho, tem como tema ‘A bênção de uma vida longa’ e inclui uma Missa presidida por Francisco às 10:30h na Praça de São Pedro. Por sua parte, o Arcebispo Vincenzo Paglia, explica em comunicado que esta jornada “parte do princípio que o facto de ser idoso não representa um naufrágio, mas uma vocação”. Vale recordar que o Santo Padre tem feito seguidas críticas à “cultura do descartável” que exclui os idosos da sociedade, por causa de uma lógica económica que exclui e às vezes mata.

Para o prelado italiano, a iniciativa presidida pelo Papa vai “chamar a atenção de todos sobre a importância deste momento na existência humana”, apresentando os idosos como “sujeitos de uma nova perspetiva da vida”.

“Graças a Deus, os anos de vida aumentaram, mas ao mesmo tempo ainda não foi feita qualquer reflexão adequada sobre esta questão: não há qualquer referência a ela na política nem na economia ou mesmo na cultura”, observa.

“É a sua velhice que tem de ser reconsiderada, é o seu compromisso no mundo e na Igreja que tem de ser reconsiderado”, acrescentou.

Para o presidente da CPF, os mais velhos podem ajudar a compreender o “enfraquecimento da vida” não como uma “tragédia final”, mas como “um testemunho de esperança”.

Por ACI